Botijo de barro

Botijo de barro

Botijo de barro espanhol

O botijo é uma vasilha de barro usada na Espanha para conservar a água fresca, muito parecida à moringa. Não é de uso comum entre os jovens, mas faz parte das lembranças da casa da avó, e algumas pessoas o usam como decoração.

Diferente da moringa, o botijo tem dois orifícios: pelo maior se coloca a água e pelo menor se deixa cair um jorro de água na boca. Essa é uma façanha que eu ainda não consegui fazer sem me molhar, assim que optei mesmo por usar o copo.

Os meses de julho e agosto em Barcelona são os mais quentes do ano. A temperatura não é tão alta como em outras regiões, neste verão, por exemplo, chegou a alcançar uns 35 graus. Porém, a sensação térmica é muito maior por causa da umidade, assim que o calor agonia dia e noite.

Por isso, é importante beber muita água, mas o problema é que a água natural, melhor dizer morna, dá diarreia, e como eu nunca gostei muito de água gelada, estive atrás de algo que deixasse a água fresca, a exemplo, do filtro de barro brasileiro.

Filtro de barro de Brasil

Filtro de barro brasileiro

Já no final do verão, finalmente eu e o meu namorado encontramos um botijo sem ser envernizado, em uma cidadezinha, na região de Girona. Antes, porém, de beber a água, foi necessário deixar o botijo se curar, ou seja, tirar o gosto de barro.

Infelizmente, a praticidade do filtro de barro brasileiro não existe na Espanha. As pessoas tomam água da torneira, que tem um gosto horrível; compram garrafas de água mineral, ou instalam purificadores.

A água que tem o “sabor” mais parecido ao da água consumida em Minas Gerais é a mineral. Assim, que essa é a água que eu coloco no botijo. Claro que seria muito mais fácil usar o eficiente filtro de barro brasileiro, mas aqui não tem né!

Como tirar o gosto de barro 

A gente teve que colocar água e trocar uma vez ao dia por uns três ou quatro dias. Algumas pessoas, depois disso, ainda preferem acrescentar anis à água para tirar todo o gosto de barro.