Festa de Gràcia

Como ocorre há 150 anos, no dia 15 de agosto começa a Festa Maior de Gràcia, um bairro de Barcelona, que mantém suas próprias características oriundas do fato de ter sido uma vila independente até 1897, quando finalmente foi incorporado pela capital.

A festa dura uma semana e apesar de sua origem religiosa, não está claro se foi por causa da Nossa Senhora da Pomba (15 de agosto) ou do São Roque (16 de agosto), o certo é que hoje em dia a festa já não tem caráter religioso, sendo apenas uma manifestação cultural e cívica.

Durante a festa, as ruas, fachadas e balcões do bairro são decorados com material reciclado pelos próprios moradores que se juntam em associações para participar de um concurso. Além disso, nas várias praças do bairro ocorrem vários shows de bandas locais, que somados a outros eventos fazem com que o Bairro de Gràcia seja uma opção de lazer tanto para os visitantes como para  os moradores da cidade.

Veja algumas fotos da Festa Maior de Gràcia 2015:

Rua Verdi: Primeiro Prêmio com o tema Japão

Fiesta Mayor de Gràcia

Rua Verdi: primeiro prêmio da Festa Maior de Gràcia 2015

Carrer Verdi. Japon 1

Rua Verdi: primeiro prêmio com o tema Japão

Rua Fraternidad: Segundo Lugar com o tema Selva

Fiesta Mayor de Gràcia

Rua Fraternidad: segundo lugar com o tema Selva

Carrer Fraternitat. Tribu

Rua Fraternidad: segundo lugar na Festa Maior de Gràcia 2015

Travessa de Sant Antoni: Terceiro Lugar com o tema Paris

Fiesta Mayor de Gràcia

Travessa de Sant Antoni: terceiro lugar na Festa Maior de Gràcia 2015

 Rua Progrés: Quarto Lugar com o tema Avatar

Fiesta Mayor de Gràcia

Rua Progrés: quarto lugar com o tema Avatar

Carrer progres. Avatar

Rua Progrés: quarto lugar na Festa Maior de Gràcia 2015

 

Botijo de barro

Botijo de barro

Botijo de barro espanhol

O botijo é uma vasilha de barro usada na Espanha para conservar a água fresca, muito parecida à moringa. Não é de uso comum entre os jovens, mas faz parte das lembranças da casa da avó, e algumas pessoas o usam como decoração.

Diferente da moringa, o botijo tem dois orifícios: pelo maior se coloca a água e pelo menor se deixa cair um jorro de água na boca. Essa é uma façanha que eu ainda não consegui fazer sem me molhar, assim que optei mesmo por usar o copo.

Os meses de julho e agosto em Barcelona são os mais quentes do ano. A temperatura não é tão alta como em outras regiões, neste verão, por exemplo, chegou a alcançar uns 35 graus. Porém, a sensação térmica é muito maior por causa da umidade, assim que o calor agonia dia e noite.

Por isso, é importante beber muita água, mas o problema é que a água natural, melhor dizer morna, dá diarreia, e como eu nunca gostei muito de água gelada, estive atrás de algo que deixasse a água fresca, a exemplo, do filtro de barro brasileiro.

Filtro de barro de Brasil

Filtro de barro brasileiro

Já no final do verão, finalmente eu e o meu namorado encontramos um botijo sem ser envernizado, em uma cidadezinha, na região de Girona. Antes, porém, de beber a água, foi necessário deixar o botijo se curar, ou seja, tirar o gosto de barro.

Infelizmente, a praticidade do filtro de barro brasileiro não existe na Espanha. As pessoas tomam água da torneira, que tem um gosto horrível; compram garrafas de água mineral, ou instalam purificadores.

A água que tem o “sabor” mais parecido ao da água consumida em Minas Gerais é a mineral. Assim, que essa é a água que eu coloco no botijo. Claro que seria muito mais fácil usar o eficiente filtro de barro brasileiro, mas aqui não tem né!

Como tirar o gosto de barro 

A gente teve que colocar água e trocar uma vez ao dia por uns três ou quatro dias. Algumas pessoas, depois disso, ainda preferem acrescentar anis à água para tirar todo o gosto de barro.

Verão é tudo de bom!

Verão é tudo de bom!

Eu escalando na montanha Montserrat

Outra vez é verão e com ele vem a vontade de aproveitá-lo ao máximo, pois logo com frio, o que a gente quer mesmo é ficar bem quentinho.

Nesta época, não só a paisagem muda pela intensidade e luminosidade das cores, mas também ocorre uma invasão de turistas. Isso é bom para Espanha, cuja economia ainda depende muito dos serviços prestados a eles.

De acordo com o Informe de Coyuntura Turística – Verano 2011, nos últimos 12 meses Espanha recebeu um total de 53.748.028 turistas, com maior concentração entre maio e outubro.

O melhor é que esses dados revelam uma recuperação de 4,16% com relação ao mesmo período do ano passado.

A Espanha é um dos países preferidos para os turistas italianos, alemães, franceses e ingleses. Em 2010, eles preferiram visitar Baleares e Canárias bem como Catalunha, segundo informações do Ministério de Indústria, Turismo e Comércio Espanhol.

Em 2007, o Instituto Nacional de Estatística registrou 2.194 horas de sol em Barcelona. Claro que temos mesmo é que aproveitá-las e fazer os esportes ao ar livre que somente podemos fazer nesta época como a escalada e o canionismo.

Também, não devemos deixar de ir à praia e às atividades culturais como o Cine a la fresca en Montjuïc. Enfim, tem muita coisa para se fazer no verão. Então, me deixa ir nessa…

Verão em Barcelona

Verão em Barcelona

Vários eventos públicos e gratuitos proporcionam cultura e lazer no verão de Barcelona.

Passado os duros meses de inverno, quando estamos saturados de vestir tantas roupas e já brancos como a neve, esperamos ansiosos não só pelo sol da primavera e pela chegada do verão, senão também por todas as atividades que a cidade oferece.

O verão é a oportunidade de agitar o corpo, usar todas as energias que o frio acaba impedindo que as usemos. É tempo de festas e eventos, bem como de praia e montanha.

A temporada noturna começa com a noite de São João, a tão esperada vigília do solstício de verão, quando fogueiras e foguetes abrem a época de festas e intensa vida noturna.

Logo é seguida por uma série de eventos públicos e gratuitos que proporcionam cultura e lazer, enquanto esperamos pelas festas maiores dos bairros e cidades do interior que animam o ambiente com toda a sua criatividade e aconchego.

Essas festas são um pré-aquecimento para a tão famosa Festa da Mercê, em setembro, quando praticamente já nos despedimos do bom tempo.

Pilar humano.

Pilar humano nas festas de Gracia, em Barcelona.

Por enquanto é tempo de deleitar-nos do aconchego do calor. A partir de hoje até o dia 21 de agosto, podemos apreciar a popular Festa Maior de Gracia e encher-nos de vida e alegria passeando pelas ruas ornamentadas pela vizinhança, dançar nos bailes noturnos e assistir aos inúmeros concertos e apresentações ao ar livre. Em seguida, poderemos desfrutar também da Festa Maior de Sants.

Festa de Gracia, em Barcelona.

Show nas ruas de Gracia, em Barcelona.

Uma agenda rica em cultura e atividades. Isto é o verão de Barcelona, um entorno mágico que nos envolve em cores vibrantes, alegria e bom humor.

Festa de Gracia, Barcelona, em 2010.

Tradicionamente, as ruas do bairro de Gracia são decoradas para a festa do bairro.